29/06/2008

Memória companheira...


No vazio...
Para o vazio...
Caminho...
No escuro...
Completa solidão...
Ofuscante Escuridão...

Nada levo comigo...
As memórias perderam-se
As histórias esqueceram-se...
Nu...

Caminho talvez sozinho...
Ou talvez não...
A minha alma caminha comigo lado...a...lado...

Timidamente parei...
Defronte do nada...
Para sorrir;
por nada...

A minha própria respiração gela-me a veias...
O meu próprio olhar trespassa-me a alma
e desfaz o pequeno coração...
A minha companheira e eterna alma
poisa-me a mão no ombro...
E diz:
- Quem diria...
- No vazio da própria escuridão!...

2 comentários:

cheila sofia disse...

"Caminho...
No escuro..."


isso foi porque eu apanhei te a luz....

ahah

cheila sofia disse...

"Caminho talvez sozinho...
Ou talvez não..."

pois não, estou sempre sempre do teu lado para te chatear... ;P